expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

17 de dez de 2012

#Mudando De Assunto - O que fazer se sua amiga fofoca de você

Quem nunca curtiu uma fofoquinha ou falou mal de alguém, que atire a primeira pedra! O problema é que a galera se joga mesmo nos babados e aumenta as coisas. Mas e quando o centro das atenções da galera é você? Quem já viu um segredo seu se tornar assunto da galera ou sofreu qualquer agressão em público tem vontade de sumir e deixar tudo pra trás. Mas, calma: nada de ficar chateada e parar de sair de casa! Você pode dar a volta por cima!
Outros tempos
Situações assim, em que alguém se torna a fofoca da vez, sempre aconteceram e vão continuar a existir, mas, atualmente, a extensão das polêmicas é maior. Se, antes, um baphão ficava restrito a uma comunidade ou escola, agora existe a internet, que possibilita a transmissão de tudo de uma forma mais potente. Por isso, ter cuidados redobrados com a sua privacidade (não postar fotos sensuais e evitar confiar em alguém que só conhece pela internet, por exemplo) são muito importantes e evitam o risco de se tornar assunto de uma galera que, talvez, você nem conheça.
duas meninas fazendo fofoca e uma menina triste
Fale a verdade
Mas às vezes, a fofoca não tem nada a ver com privacidade. E às vezes, nos sentimos mais traídas quando a fofoca vem da BFF, ou seja, a pessoa em que mais deveríamos confiar. Em todos os casos, a primeira dica é procurar ajuda, sempre: não se intimide diante da violência verbal e psicológica.Não caia no jogo do agressor, assim você aumenta as chances de resolver a situação. Não deixe de ir à escola, pois você criará um outro problema. Nesse caso, abra o jogo com a família e com algum professor em que confie. Eles poderão te ajudar.
Nada de silêncio
 Procurar ajuda de um especialista pode ser o melhor caminho para enfrentar a situação. “ao lidarmos bem com os problemas e sabermos que tudo passa, as coisas ficam mais fáceis”. O que não se deve fazer, nunca, é aguentar tudo sozinha e calada (quando se é a vítima) ou colaborar com qualquer tipo de agressão, seja física, verbal, pela internet ou pelo telefone. Julgar e ofender alguém nunca vale a pena — basta fazer o exercício de se colocar no lugar da pessoa pra perceber o quão triste (e lamentável) é não ter a sensibilidade de entender e respeitar o outro.
Amizade
Procure ajuda e deixe as coisas rolarem sem pensar em vingança ou coisas do tipo. Amigos de verdade não humilham nem colocam o outro para baixo. Logo, você poderá avaliar as suas amizades e ver em quem pode ou não, confiar.
Curtiram? Até a próxima!

Nenhum comentário :

Postar um comentário